Os perigos das Férias!



Todos os anos enfrentamos estes dias de relaxamento com o objetivo de desfrutar e descansar em partes iguais, e não nos lembramos das estatísticas que nos escandalizam todos os anos quando acaba este período.

verão é uma estação que tem seus próprios perigos, a maioria deles são intemporais, mas outros são acentuados pelo facto de baixarmos a guarda quando nos sentimos"de férias".
Nós vamos de férias, mas os perigos não, portanto temos de estar atentos aos que espreitam nesta época:

Afogamento

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS)morrem todos os anos 372 000 pessoas afogadas. A este número, temos de acrescentar que há países em relação aos quais os dados não são recolhidos ou são limitados.

Acidentes rodoviários

Segundo um relatório da Comissão Europeia sobre Mobilidade e Transportes, no ano passado, morreram um total de 25 100 pessoas nas estradas da União Europeia, 46% das quais foram vítimas de acidentes em veículos, sendo uma das principais causas a utilização do telemóvel.
A análise da UE confirma que, por cada pessoa que morre num acidente rodoviário, há outras cinco que sofrem ferimentos graves, especialmente nas zonas urbanas. Os feridos rondam os 135 000 e os peões com mais de 65 anos estão especialmente em risco.

Onda de calor

A cada ano, as temperaturas globais aumentam e os casos de insolação e desidratação são mais numerosos. Estas patologias não são necessariamente fatais, mas podem desencadear uma série de eventos que sim o são.

Conclusões

Ter um seguro de vida é essencial especialmente no verão, pois relaxamos os nossos hábitos e a segurança é relegada para segundo plano, sob uma sensação de liberdade e relaxamento. Esta realidade pode desencadear eventos inesperados com finais não muito felizes.
Sabemos que, em muitos casos, o seguro é considerado como uma despesa, e é por isso que temos soluções concebidas para a sua tranquilidade espiritual e económica.

Para saber mais, clique no botão abaixo



Sem comentários:

Publicar um comentário

Pages